Na oportunidade foi apresentada a metodologia que será adotada e os moradores das áreas ribeirinhas puderam esclarecer suas dúvidas.


Nesta quinta-feira, dia 02, a Administração Municipal de Teutônia, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Promotoria Regional de Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica dos Rios Taquari e Antas, promoveu audiência pública para apresentar o programa de recuperação da Mata Ciliar do Rio Taquari e seus afluentes, assim como, a metodologia adotada para as propriedades ribeirinhas do Arroio Boa Vista. O programa define regramentos previstos pelo Código Florestal nas áreas de proteção permanente.

O projeto beneficiará as comunidades e propriedades rurais de Teutônia, através da preservação do Arroio Boa Vista. O programa abrange 15 municípios e surgiu a partir de uma demanda levantada pelo Ministério Público, sobre a preservação das margens do arroio Boa Vista, através de levantamento técnico e objetivo de cada propriedade ribeirinha. O objetivo principal é criar um fluxo de fauna e flora, além de garantir a qualidade da água, restaurando a mata ciliar ao longo de sua extensão, além de preservar os recursos hídricos.

O Programa de Recuperação da Mata Ciliar do Arroio Boa Vista, que está sendo desenvolvido em Teutônia, está vinculado ao Ministério Público, através do Programa de Recuperação da Mata Ciliar do Rio Taquari e seus afluentes, desenvolvido pela Promotora de Justiça Regional de Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica Taquari Antas, Andrea Barros, com quem o município firmou termo de ajustamento de conduta.

O programa prevê que as propriedades ribeirinhas a estes dois recursos hídricos, Arroio Boa Vista e Arroio Posses, receberão visita dos técnicos do município para verificar a necessidade de recomposição das margens.

Para garantir que o projeto tenha continuidade e efeito positivo, o município firmou um termo de cooperação com a Cooperativa Certel, por meio do qual as mudas necessárias para realização do programa serão fornecidas. Ao morador ribeirinho caberá os cuidados com as mudas para que se desenvolvam adequadamente. O projeto visa garantir a sustentabilidade e proteção aos recursos hídricos.

Data de publicação: 03/09/2021

Créditos: Assessoria de Imprensa Teutônia

Créditos das Fotos: Assessoria de Imprensa Teutônia

Compartilhe!