Estudantes identificaram necessidades de empresas e desenvolveram projetos

Nessa terça-feira, dia 29 de novembro, alunos do projeto Jovem Empreendedor apresentaram os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano. Foram 15 alunos no turno da manhã e 32 no turno da tarde. Os estudantes integram a rede municipal de ensino e estão no 8º e 9º ano.

O projeto é desenvolvido pelo Instituto Manager em parceria com as empresas Google, XP Investimentos e a Universidade do Vale do Taquari – Univates. A Administração Municipal de Teutônia, por meio das Secretarias de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer e Educação, foi a primeira do Vale do Taquari a aderir ao programa, este considerado o maior da América Latina.

Os trabalhos foram desenvolvidos a partir da identificação de necessidades de empresas. Os alunos puderam escolher áreas específicas de seus interesses. As turmas são mediadas por Luciana Brune, jornalista e empreendedora. O empreendedor da franquia Quiero Café, Felipe Ferreira, também mediou o projeto no início. Atualmente Luciana comanda todas as atividades.

O principal objetivo do Jovem Empreendedor é fomentar o empreendedorismo entre os alunos por meio do conhecimento com relação ao mercado de trabalho. Conforme os mediadores, os estudantes são preparados para criar seu próprio negócio e desenvolver competências essenciais na busca por uma oportunidade de trabalho. Ainda, descobrir em qual área/profissão desejam seguir.

O prefeito Celso Aloísio Forneck destacou a importância do projeto a longo prazo. “Como professor sempre serei um defensor do conhecimento, da educação, na vida das crianças e jovens. Esta é uma oportunidade que transformará vidas, é para o futuro. É uma satisfação proporcionar um programa como este. Os trabalhos nos surpreenderam. Eles têm muito potencial. Esperamos que eles continuem aproveitando as aulas”, afirmou.

A vice-prefeita Aline Röhrig Kohl parabenizou as secretarias pela iniciativa e os estudantes pela qualidade dos trabalhos. “O projeto nos foi apresentado no ano passado e foi por meio do trabalho conjunto das secretarias de Juventude e Educação que foi possível viabilizar este grande programa. Esta iniciativa é por um futuro melhor para os nossos jovens e para o município. Estamos ofertando oportunidades, além de cumprir com as nossas palavras, com os compromissos que assumimos em nosso programa de governo. Os alunos mostraram suas potencialidades. Os trabalhos foram excelentes”, ressaltou.

Conheça os trabalhos apresentados:
Os 47 alunos aplicaram seus conhecimentos em variadas áreas, conforme necessidades identificadas. Alguns trabalhos foram elaborados individualmente e outros em grupos. Entre as empresas foram desenvolvidas livraria, confeitaria, cafeteria, rádio, aplicativos com diversos objetivos para smartphone, indústria de calçado sustentável, jogo de sala temática imersiva, hotel para animais de pequeno porte etc.. O estudante que decidir seguir com o projeto após o curso poderá incubar sua “empresa” dentro do Tecnovates - Univates.

Data de publicação: 30/11/2022

Créditos: AI/Divulgação

Créditos das Fotos: Paola Possenatto/Divulgação

Compartilhe!